Mulher e filha são assassinadas por asfixia pelo pai que logo após a comete suicídio em Cruzeiro

Família morreu por inalar fumaça tóxica de fogueira feita em cômodo da casa. De acordo com a Polícia Civil, esposa de 29 anos tinha também sinais de agressão.

Uma família foi encontrada morta após inalar uma fumaça tóxica na noite desta terça-feira (3) em Cruzeiro (SP). Para a Polícia Civil, o homem, de 30 anos, matou a esposa e a filha e depois cometeu suicídio com uma fogueira no quarto. Parentes das vítimas disseram à polícia que o casal estava em processo de divórcio.

A família foi encontrada morta por volta das 22h depois que um vizinho acionou a polícia ao perceber a fumaça na casa. Quando a polícia chegou ao local encontrou os três no quarto onde havia uma fogueira.

De acordo com a Polícia Civil, o homem matou a esposa e a filha, de 10 anos, e se matou. A família foi encontrada em um quarto que estava com portas e janelas fechadas e com uma fogueira feita com restos de pneu e carvão.

A mulher tinha sinais de luta corporal, mas a polícia ainda apura as circunstâncias do crime. Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML).

De acordo com um parente das vítimas que prestou depoimento à polícia, eles eram casados, mas estavam em processo de separação. O caso foi registrado como homicídio seguido de suicídio.

 

Facebook Twitter Google+ linkedin email More
Copyright © Encontre mais AKI - Seu Guia de Taubaté e Região