Prefeitos da região anunciam medidas de flexibilização

Prefeitos anunciaram avanço para a fase amarela do plano São Paulo, apesar de manutenção estadual na fase laranja. Decretos vão abrir bares, restaurantes e academias.

 Fase amarelap

Após o anúncio de manutenção na fase laranja no Vale do Paraíba nesta sexta-feira (24), prefeitos da região anunciaram que vão avançar para a fase amarela do Plano São Paulo. Cidades como São José dos Campos e Taubaté anunciaram a publicação de decretos que permitem a abertura de restaurantes, academias e salões de beleza.

 

O anúncio foi feito em uma live do Codivap (Consórcio de Desenvolvimento Integrado do Vale do Paraíba, Serra da Mantiqueira e Litoral Norte). Segundo Felício Ramuth (PSDB), os prefeitos esperavam que a região fosse incluída na fase amarela, mas foram surpreendidos. “Nós temos convicção que estamos na fase amarela”, disse Ramuth.

 

São José dos Campos vai publicar um decreto ainda nesta sexta, com medidas que passam a valer na próxima segunda-feira (27), autorizando as atividades da fase amarela do Plano São Paulo.

Governo apresentou Plano São Paulo para reabertura de setores ...

 

De acordo com o documento, bares e restaurantes podem abrir com capacidade limitada a 40%; salões de cabeleireiro e academias, desde que respeitando exigências sanitárias como limpeza constante dos equipamentos e distribuição de álcool em gel e exigência de máscara.

 

O prefeito de Taubaté, Ortiz Júnior (PSDB) também anunciou que vai aderir a medida com um decreto como o de São José que deve ser publicado neste sábado (25). “Ninguém tomou uma decisão calcada em ideologia ou partidarismo. Não é disso que se trata, não estamos cedendo a pressão de setores da economia ou de política”, disse.

 

Os prefeitos alegam que houve uma falha na inclusão de dados que levou a região a um boom nos últimos dois dias. A região teria registrado 1,3 mil casos confirmados de Covid-19 em 48h, segundo o sistema estadual. Os prefeitos alegam que houve, na verdade, uma falha no sistema que incluiu dados da semana todos de uma vez.

 

A reportagem do G1 acionou a secretaria estadual de saúde para questionar sobre a alegação, mas aguardava o retorno até a publicação. Prefeitos disseram ainda que iriam se posicionar formalmente por ofício ao estado pedindo a reavaliação da fase de flexibilização na região. A reportagem acionou a secretaria de Desenvolvimento Regional, mas também aguardava o retorno até a publicação.

Facebook Twitter Google+ linkedin email More
Copyright © Encontre mais AKI - Seu Guia de Taubaté e Região